Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


O "câncaro", o meu filho e o pai...

por lady magenta, em 31.08.12
 
ÍDOLO DE UMA VIDA!
por Rui Monteiro a Sexta-feira, 31 de Agosto de 2012 às 3:09 ·

 
 
 

Pai.. isto é aquilo que eu tanto te quero dizer.. mas não tenho coragem nem para metade.. então, fica por escrito.. sei que não irás ler pela tua condição do momento, mas quem sabe se não a irei ler-te antes de algo acontecer..Já lá vão 17 anos.. sim, é verdade, 17 anos.. o tempo passa a voar.. não estiveste presente em muitas ocasiões.. não estiveste presente quando o meu 1º dente me caiu.. não estiveste presente quando eu parti a cabeça.. não estiveste presente à medida que eu ia construindo o meu sucesso escolar.. não estiveste presente em maior parte das coisas boas e coisas más.. mas não faz mal.. eu perdoo-te.. e além de te perdoar, continuo a olhar-te com orgulho.. porque continuas o meu ídolo..Já estou a ficar velhinho para fazer birrinhas.. e muito mais nos tempos dificeis em que estamos.. mas se havia coisa que eu gostava, era quando me chamavas à atenção de forma algo brutesca depois de uma birrinha minha, e passado uns minutos me davas um miminho e uma palavrinha de conforto.. não foste perfeito.. tiveste muitos problemas ao longo do teu caminho.. mas sempre os enfrentaste com um sorriso no rosto.. apesar de todos os teus defeitos, sempre foste uma pessoa maravilhosa.. sempre pronta a ajudar o seu amigo, e acho que foi de ti que eu herdei este coração bondoso. Muitas das vezes, as pessoas aproveitaram-se da tua bondade, e apunhalaram-te pelas costas.. mas apesar disso, nunca deixaste de lhes estender o braço uma segunda, terceira ou quarta vez.. nunca ligaste se te iriam apunhalar novamente.. apenas estiveste sempre pronto a ajudar.. Mas sempre tiveste problemas.. eram constantes as discussões entre ti e a avó, eram constantes as discussões entre ti e a mãe enquanto estiveram juntos.. mas nunca descoraste.. cometeste muitos erros na vida, erros fulcrais aqui e ali, por vezes viravas as pessoas contra ti pelo que fazias, mas se há algo de bom que fizeste e de que todos se devem orgulhar.. foi trazeres alguém ao mundo.. EU! E o meu maior desejo é que um dia venha a ser metade da pessoa que tu foste!Tal como tu, não sou perfeito.. tenho defeitos enormes, que me podem vir a custar caro no futuro, discuto com tudo e todos, estou na idade das parvoíces e sinto-me revoltado com o mundo.. mas se há coisa boa que herdei, foi o teu grande coração..Natal de 2008.. já não te deves lembrar.. foi um gesto pequeno da tua parte, mas eu jamais esquecerei.. deste-me o Kit Sócio do Benfica.. lembras-te? Fiquei tão chateado quando soube que era aquilo e não o jogo que eu queria.. mas apesar disso, fiquei muito feliz.. fiquei feliz porque pela primeira vez na vida senti-te presente na minha vida.. senti que irias dar tudo por mim e senti que finalmente seriamos pai e filho.. Natal de 2009, lembras-te? Calhou a Playstation 3.. andei meses e meses a chatear-te que queria uma.. e cheguei mesmo a julgar que não a irias comprar.. sempre me disseste que ficava para a próxima.. e comecei a desanimar.. deixei de acreditar que tinhas mudado e que irias ser o pai que tanto quis.. mas não.. prometeste e cumpriste! Custou mas foi.. demorou mas chegou! Foi provavelmente o dia mais feliz da minha vida.. não pela consola, não nada disso, mas pelo gesto.. já me tinham dado tantas coisas, e algumas coisas com bem mais valor que isto.. mas aquilo que eu tanto desejava, ter-me sido dada por ti.. foi talvez a cereja no topo do bolo.. E não parou por aqui.. a partir dai, começaram a ser mais frequentes os gestos.. presentes, estares em casa para estares comigo etc etc.E por isso, te agradeço muito.. posso dizer que por tempos, tive o pai que sempre desejei.. não perfeito, mas foi o que tive.. e agradeço por isso..Abril de 2011.. o ano que marcou a minha vida.. e foi neste mês que se descobriu o que iria ser a tua perdição.. Tiveste uns tempos doente, andavas a passar um mau bocado e foste ao hospital.. quando liguei à avó para saber como estavas.. ela disse-me que tinhas um tumor no fígado.. aquele momento foi como se eu deixasse de existir.. nunca me tinha dado com este tipo de problemas, mas sabia perfeitamente o que era.. deixei cair o telefone e enchi-me de lágrimas.. vesti-me a correr e fui de imediato ver-te.. não pensei noutra coisa.. quando cheguei ao pé de ti, perguntaste-me porque tava a chorar.. e disseste que ia ficar tudo bem.. todos me perguntaram porque estava a chorar.. ainda não deveriam ter bem noção do que estava para vir.. mas eu tive a perfeita noção.. antes de sequer começares a definhar, eu já tinha noção do que se ia passar.. e assim foi.. foste operado e removeram-te parte do tumor, mas mais não puderam fazer.. fui-te visitar ao hospital, e uma vez mais, rebentei em lágrimas.. senti-me cada vez mais revoltado com o mundo, senti-me só, isolei-me de tudo e todos.. fui criando uma barreira.

O tempo foi passando.. e em Setembro desse mesmo ano, descobriu-se o problema do avô.. tal e qual o teu.. e eu rebentei uma vez mais.. a primeira coisa que pensei foi "Já não basta? Já não basta o que se passa com o meu pai, ainda ter que ser o meu avô?". Pois.. e foi assim que voltei à beira do colapso.. mas foi a partir dai que ainda te comecei a idolatrar mais.. mesmo com o teu problema, mesmo sabendo que não deverias sair à rua, e deverias repousar o máximo de tempo possível, não deixaste de estar presente.. todos os dias passavas lá em casa.. todos os dias ias ver o meu avô e a mim.. apesar dos "problemas" foram tempos perfeitos..E o tempo foi passando.. e tu foste definhando.. passado uns meses, rebentou-te uma úlcera.. e segundo os relatos da mãe e de todos os que presenciaram, metade do sangue do teu corpo, foi parar ao chão, paredes e tudo quanto era possível.. o médico disse que se tivesses sido socorrido uns minutinhos mais tarde, não passavas daquela noite.. aliás, quando a mãe chegou e me contou, ela disse-me que provavelmente não passavas daquela noite.. fiquei a noite toda a chorar.. e a desejar que tudo corresse bem para que eu podesse voltar a estar contigo.. e tudo correu bem. Voltamos ao passar do tempo.. e foste piorando de dia para dia.. até que, no dia 22 ainda deste mês (Agosto), uns minutos depois de acabar o dia dos teus anos, e de começar o meu, foste para o hospital.. ainda voltaste para estar presente nos meus anos.. e por isso também de idolatro.. apesar da tua condição, deste tudo quanto conseguiste para estar presente e teres os meus 17 anos na tua memória.. acabaste voltando para o hospital no dia seguinte.. e de dia para dia, foste piorando.. O médico falou com a avó.. e disse que o teu estado só irá piorar, e pouco ou nada há a fazer.. que se calhar era melhor induzirem-te em coma para tu poderes 'dormir' até partires.. ou seja, diminuirem-te o sofrimento..Nem imaginas o quanto isto me está a custar.. Todos os dias acordo a chorar e a pensar em ti.. todos os dias me deito a chorar e pensar em ti.. e não há um único dia em que eu não tenha pesadelos sobre tudo isto.. e em todos os meus pesadelos.. tu estás à beira de partir.. e quando partes, eu morro por dentro.. sinto uma tristeza enorme.. é como se parte de mim tivesse partido contigo..Só desejava que nada disto tivesse acontecido.. mas olha, foi o que nos saiu na ribalta.. Ainda não partiste, mas sei que é melhor começar as despedidas, antes que seja tarde de mais.. é agora a altura para dizer tudo.. provavelmente não terei coragem para te dizer nem metade.. mas prometo que vou pelo menos escrever uma carta para que alguém te leia essa dita carta.. não prometo não ficar destroçado quando acontecer o pior.. mas prometo que vou dar tudo por tudo para que não tenha sido em vão.. nunca te vou esquecer.. e quero ter parte de ti em mim! Quero que quando falem de mim digam "Ele herdou isto do pai.. ele é tal e qual o pai..", mas que o digam com orgulho!! E acima de tudo, quero saber que seja lá para onde fores, me acompanhas.. e que tens orgulho em mim! Independentemente do que eu fiz, faço ou farei.. Só quero sentir que nada foi em vão.. e que mereço a tua aprovação..Não foste perfeito, ninguém é.. mas és o meu pai.. o meu ídolo.. e todos os dias penso como teria sido se nada disto tivesse acontecido. Esta é a minha mensagem de despedida (adiantada).. não foi dito nem metade do que se passou entre nós.. nem foi dito metade do que foi o nosso relacionamento.. mas apesar de todo o mal que me fizeste ao não estares presente, eu apenas irei recordar o bem que me fizeste.. e não te vou deixar ir sem saberes que eu te perdoo por não teres sido o pai perfeito.. e sem saberes que és o meu ídolo, e que sempre que falar de ti, terei o maior dos orgulhos. As lágrimas escorrem o meu rosto no momento.. e sei que durante uns tempos assim será.. são tempos difíceis, mas um dia vou olhar para trás e vou dizer que valeu tudo a pena.. porque me moldaram numa pessoa forte.. posso dizer que estou preparado para a vida.. e agora é que ela começa..Só peço que deixes de sofrer.. e quando achares que é hora de partir que o faças.. nós iremos chorar, mas a vida continua.. e sei que estarás a olhar por todos nós.. E por tudo o que ficou por dizer.. eu apenas te direi: AMO-TE PAI! NUNCA TE ESQUEÇAS DE MIM, DA MESMA MANEIRA QUE EU NUNCA TE VOU ESQUECER...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:32


12 comentários

De momentosdisparatados a 31.08.2012 às 11:40

Sei que sou uma lamechas, mas acredito que até uma pessoa com o coração de pedra fica emocionada ao ler estas palavras.
Que mais posso dizer?
Para esse jovem e para a sua família desejo força muita força.
Image

De lady magenta a 31.08.2012 às 17:32

E havemos de ter...Obrigada ; )

De irina gomes a 31.08.2012 às 11:41

Caro e riquissimo Rui!
Estou sem saber o que te escrever, mas nao poderia deixar passar em branco este teu gesto..és fantastico e nisso realmente sais ao teu pai..pq ele tambem o é..ele sempre assumiu a sua falha como pai nunca o escondeu a ninguem..mts vezes mo disse em conversa..mas penso que tudo se deve ao facto de ele sem saber querer aproveitar a vida da melhor maneira mesmo nao o tendo conseguido a meu ver..mas sempre se orgulhou mt de ti..nunca duvides!

De lady magenta a 31.08.2012 às 17:33

Oh minha linda...É o teu primeiro comentário!!!! Nós sabemos que estás aí... ; )

De irina gomes a 31.08.2012 às 20:43

Vou estar sempre meus queridos..só não estou mais porque não posso!!! Mas sinto-me sempre em divida..não, que vocês o exijam..mas sim porque só me sinto assim com as pessoas que amo e a quem sempre desejo  o melhor, e tu minha querida e a tua familia fazem parte desse grupo de pessoas!!!!Muita força!!!

De lady magenta a 01.09.2012 às 14:52

 O que a nossa "mais que amizade" tem de maravilhoso, é que vivemos a vida uma da outra...Sem cobranças, sem questões, com tudo bem resolvido...Nós sabemos quem é a nossa família de coração, e tu melhor que ninguém, sabes que também estamos cá para ti e os teus...Também te amamos do coração...; )

De eu ando às voltas a 31.08.2012 às 16:23


Só consigo comentar este post com uma palavra:
Tocante.

Trás tantas recordações...

De lady magenta a 31.08.2012 às 17:34

Obrigada...Acho que o meu filho também vai gostar de saber...; )

De Margarida a 31.08.2012 às 16:38

Nem tive coragem de ler... :-(

De lady magenta a 31.08.2012 às 17:34

É comprido, mas bonito...Obrigada ; )

De Brown Eyes a 13.09.2012 às 23:35

Arrebatador, estou sem palavras.

De lady magenta a 14.09.2012 às 09:21


É verdade...E o meu filho fez questão de ler o que escreveu na cerimónia fúnebre do pai...Foi deveras comovente...Obrigada pela visita ; )

Comentar post



Porque nem tudo o que luz é ouro e nem tudo o que brilha é prata...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D