Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



o "câncaro", o meu pai e eu...

por lady magenta, em 20.02.12

Alguém me explique, devagarinho, muito devagarinho mesmo, como se explica a dois filhos lindos e maravilhosos, que o avô que viram sair de casa já não entrará mais...Como se explica, sem os magoar, que estão terminantemente proibidos de atender o telefone, porque podem telefonar do hospital se houver alteração do estado de saúde do avô e, não querem que eles saibam por vozes alheias...Como se explica que a mãe está triste, muito triste, mas que neste momento não tem forças, nem sabe onde as há-de arranjar para chorar...

 

O meu pai está internado desde esta manhã...

Segundo o léxico médico, encontra-se em estado terminal, o que para os leigos significa que o fim está ao virar da esquina...Mas o caminho até à dita esquina, pode levar horas ou dias...

...

Neste momento nem eu sei o que hei-de pensar, nem dizer...

Neste momento, o turbilhão de coisas na minha cabeça, até me faz doer os olhos...

...

Este é o momento em que fiquei sem palavras e com um vazio corrosivo.

...

Neste momento só sei que a minha mãe é a minha mais recente heroína e, que a familía é o meu pilar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02


2 comentários

De marie-claire a 21.02.2012 às 13:33

Nem sei o que dizer, nestes momentos apenas te digo para teres mais força ainda e espero que o teu pai não sofra nos seus últimos momentos. Espero que fiques com o seu sorriso na memória e tenhas a plena consciência de que ele vai continuar presente em todos os teus dias, falo por experiência própria pois o meu avô aquele que considero o meu pai está sempre ao meu lado e é sempre lembrado em algum aspeto do meu dia. Sei que dói e custa muito ver alguém partir, mas nestes casos foi o melhor que podia ter acontecido antes que o sofrimento venha com mais força. Desculpa se fui bruta, mas eu também não pensava assim na altura, mas agora sei que foi o melhor para ele pois o seu sofrimento chegara ao fim. Guarda cada memória que tens dele, cada sorriso, cada olhar confidente, cada conversa, cada momento que tiveste ao lado dele. 
Força querida :) 
Estarei sempre aqui com o meu ombro amigo à disposição. 
Beijinhos *

De lady magenta a 21.02.2012 às 21:40


E é isso exactamente que faço, todos os dias...Obrigada pelo ombro...; )

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D