Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



o "câncaro", o meu pai e eu...

por lady magenta, em 20.02.12

Alguém me explique, devagarinho, muito devagarinho mesmo, como se explica a dois filhos lindos e maravilhosos, que o avô que viram sair de casa já não entrará mais...Como se explica, sem os magoar, que estão terminantemente proibidos de atender o telefone, porque podem telefonar do hospital se houver alteração do estado de saúde do avô e, não querem que eles saibam por vozes alheias...Como se explica que a mãe está triste, muito triste, mas que neste momento não tem forças, nem sabe onde as há-de arranjar para chorar...

 

O meu pai está internado desde esta manhã...

Segundo o léxico médico, encontra-se em estado terminal, o que para os leigos significa que o fim está ao virar da esquina...Mas o caminho até à dita esquina, pode levar horas ou dias...

...

Neste momento nem eu sei o que hei-de pensar, nem dizer...

Neste momento, o turbilhão de coisas na minha cabeça, até me faz doer os olhos...

...

Este é o momento em que fiquei sem palavras e com um vazio corrosivo.

...

Neste momento só sei que a minha mãe é a minha mais recente heroína e, que a familía é o meu pilar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02

E também me acontecem coisas boas!

por lady magenta, em 17.02.12

 
 

 
 ADORO...A MINHA MANA É A MAIS FORTE E MELHOR DO MUNDO...SEMPRE FAREI DAS PALAVRAS DELA AS MINHAS.....ABRAÇO DO TAMANHO DO MUNDO....MANA....LINDA....ADORO-TE.....
 
Uma mensagem pequenina que a minha irmã, que está longe, me deixou no facebook...Obrigada mana ; )
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:54

Para a Teresa...

por lady magenta, em 16.02.12

Que visitou o blog pela primeira vez, comentou e, eu acho que sem querer apaguei o comentário...Desculpe.

Sei que o que escrevo, certamente não é o que as pessoas mais gostam de ler, preferem coisas que os façam sair, nem que seja por breves momentos, da crise de valores e vidas complicadas e cheias de "bolinhas vermelhas", que levam... Provavelmente muitos chegam, lêem o título dos posts, "câncaro", e fogem a sete pés...Garanto-lhe, infelizmente não sou a única a ter um pai com cancro...Ele e muitos outros lutam diariamente contra um oponente devastador...Existem mais blogs na net a contar vidas de doentes oncológicos. Heróis e Heroínas que continuam a batalha, ou que lhe conseguiram sobreviver...Blogs de familiares a contar o que é esta luta, o que nos move, o que nos une, como se vive? Eu pesquisei, mas não encontrei nenhum. Não quero ser única, até porque este blog não foi criado com esse intuito, este surgiu na sequência de um outro, ladymagenta, que por outros 500 tive de eliminar...Eu até vinha aqui contar coisas giras da minha vida, desabafos, histórias...O cancro do meu pai foi um "bónus".

Neste momento, é um dos sitios que me servem de refúgio. O blog, e os ombros que me emprestam...Se um dia receber um comentário de alguém, com um familiar a lutar com um cancro, que quer saber como se sobrevive, já darei a minha missão por cumprida...Apesar de não ter religião e, ter certa dificuldade em acreditar em seres omnipresentes e omnipotentes, garanto-lhe que acredito nos Homens. Podemos ser os melhores e os mais destrutivos seres. No entanto temos um sentimento maravilhoso, a compaixão...Sei que é duro o que deito para fora em algumas alturas, mas tem mesmo de ser...Pode ser que ajude alguém a passar por um cancro, pode ser que dê força a alguém para aguentar mais um dia...Pode ser que esta minha vontade me ajude a aguentar, também, tudo isto sem deitar a toalha ao chão...

Obrigada Teresa, pelo seu comentário, desculpe tê-lo apagado, e não se sinta triste por não ser capaz de comentar...Eu também já fiz parte daqueles que passam ao largo, de alguém que sofre de cancro, e também não soube o que dizer...; )

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:34

O "câncaro", o meu pai e eu...

por lady magenta, em 14.02.12

 

 

E cá andam estas vidas...

E de maneiras que o Dr. que acompanha o meu pai acha que ele é um herói...Por aguentar tanto em tão pouco tempo.

E nós, mesmo sem querer somos heróis forçados...Por termos de lidar com tudo isto, sem escapatória possível...E é tudo tão deprimente e mau.

Cada dia que passa definhas um pouco mais, o teu discurso é cada vez mais confuso, a tua cabeça já não te faz as vontades, tem vontade própria.

Um dia arrancas o saco da fístula permanente, noutro cais para o chão e bates com a cabeça, noutro ainda pedes à tua "marida" para jogar contigo à bola...Isto tudo resumido para dizer que o inevitável está a acontecer...

Não é bonito nem saudável.

Ter de pensar sequer na hipótese de te internar num centro de cuidados paliativos, que os há, é simplesmente aterrador...Só ter de equacionar a hipótese, é algo que por si só me revolta as entranhas...

Sabes pai, hoje é um daqueles dias em que sinto mesmo a tua falta...Porque o pai que eu conheci, já partiu...Este que ficou é simplesmente a sua sombra...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:06

Amor é...

por lady magenta, em 13.02.12

 

 

 

Tu fazes-me sentir que os dias não duram nada, que o tempo todo é pouco. Penso em ti ao pé de ti, longe de ti, penso em ti.

Quero estar sempre contigo porque tu para mim és tudo e eu sem ti sou só nada. Para o mundo, para os dias, para a vida, tu despertas-me...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 20:55



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D