Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Reembolsos I.R.S. 2012...(ou a saga que não termina!)

por lady magenta, em 28.04.12

É oficial, pelo menos na parte que me toca, já conheço pelo menos uma pessoa a ter recebido o reembolso!

Fora do prazo dos tais vinte dias, mas recebeu...

Portanto caros internautas, pode ser que o meu mojo estivesse errado e, mais dia menos dia, acabemos todos por receber...

 

Adenda- Em amena cavaqueira com o Sr. Ministro da Educação, Nuno Crato, resolvi pedir-lhe uma isenção de propinas...Não tive sorte.

No entanto dei-lhe a dica, Eh pá oh Ministro, vê lá se metes a "cunha" ao teu homólogo das finanças para pagar rapidamente os reembolsos, porque a malta anda À rasquinha...

 

Acham que foi bem? Ou a esta hora já o S.I.S. sabe quem sou e anda à minha procura?

Bem, se me pararem numa operação stop e utilizarem o argumento mais irracional de todos, tipo, não pode transportar um saco para cadáver na bagageira do carro sem autorização que o justifique, ficarei a saber... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:05

Obrigada...

por lady magenta, em 28.04.12

Este é um comentário que me foi deixado no post anterior.

Ao lê-lo, foi como levar uma chapada na cara, abanarem-me o chão, devolverem-me à vida...

À pessoa que o fez deste blog, só posso dizer obrigada...Por ajudar a colocar lágrimas e sorrisos, tudo ao mesmo tempo, numa cara que já nem é de gente, apesar de ser gira e estar maquilhada...Quase que jurava que está em sintonia com os meus "vintage friends", pois passam a vida a repetir-me exactamente as mesmas coisa, mas quis esta coisa que nos liga pelo Universo fora, que só prestasse atenção às suas palavras...

Obrigada.

Por me ter feito ver que tudo vale a pena. O sentido da vida não está no facto das situações que experimentamos, mas sim na forma como lidamos com elas...; )

 

p.s- E desculpe ter escarrapachado aqui o seu comentário...Mas é isto! é como ter tido uma epifânia de repente!

 

 

"Não existem coisas desinteressantes. Existem pessoas que se interessam e pessoas que não se interessam. Logo, tudo passa a ter importância e valor quando escreves e quando alguém lê. Mesmo que ninguém o leia, partilhaste os teus pensamentos, a tua vida, expuseste a tua dor, a tua paixão, tiraste coisas de dentro de ti, arranjando espaço para mais (boas e menos boas). Não existem soluções mágicas para estas situações, ninguém nos avisa que vai ser assim, a vida, para escolhermos sofrer ou não sofrer. Sem poder de escolha, optamos, na sua grande maioria das vezes, seguir em frente.

 Pegamos nos momentos bons, nas recordações que criámos e pensamos que, afinal, terá valido a pena. É complicado não sofrer por antecipação...é tremendo manter a postura, o sorriso na cara, ser a tal super-mulher ou homem. Faz o que estiver ao teu alcance e nunca penses duas vezes em pedir ajuda, um ombro amigo, dois ombros amigos. A vida tira-nos coisas valiosas, mas também retribui com outras. É preciso acreditar nisso para seguirmos caminho.

Já tive de "seguir caminho" algumas vezes, pelas mesmas razões que tu e por outras mais igualmente excruciantes. Lamento ter passado tudo tão rápido, isto é, numa situação em particular, quando tudo aconteceu, estava concentrada noutras coisas, também relacionadas com doença, que nem vi/vimos o dia chegar. Foi de repente. E o luto começou uns dias depois. Primeiro veio o choque, a sensação de estar a viver uma partida de mau gosto, depois, vim a mim. Perdi tudo e quase todos num só ano. Fui ao fundo do poço e, com tempo, comecei a subir. Costumo dizer que já vivi várias vidas. Cada vez que alguém "segue caminho" (permite-me o eufemismo), eu morro e renasço outra vez. Algo muda em mim, cria-se uma vazio, mas o espaço ocupado por quem partiu, aumenta. 

Não me sendo possível mudar o passado, o que é que gostava que tivesse sido diferente: ter-me despedido da minha mãe, ter tido condições económicas para lhe ter dado conforto durante a sua vida, ter tido poderes mágicos para garantir que ela havia sido feliz. Assim, o que gostava eu de te dizer...dizem que não nos conhecemos, mas acredito que fazemos parte de um todo. Acredito que, ao ajudar alguém na rua, estou a ajudar o filho de alguém, o irmão de alguém e que, se tiver alguém meu na mesma situação, existirá outro alguém a fazer o mesmo que eu.

Por isso e por nada, não te isoles, chora o que te apetecer, ri quando tiveres vontade, não desperdices um momento feliz e proporciona momentos felizes aos teus, usa as tuas melhores roupas no dia-a-dia e não guardes o serviço vista alegre para uma ocasião especial. Todos os dias são especiais e uma "bênção".  Faz coisas simples, a tua presença, o teu sorriso, o vestires uma peça de roupa que estes te ofereceram...o ouvires a mesma história contada por eles 100 vezes! :-) Não te canses de dizer que os amas e pensa que tens todo o direito em questionar esta vida. O meu objectivo de vida, é ser feliz. Se for por 10 anos, ou 200 semanas, que o seja. Mas no final, é isso que vai contar, se fomos felizes e vivemos a nossa vida ao máximo.

Encontra o teu caminho, as tuas soluções. Só tu sabes o que sentes... A tua vida irá continuar. Não terás outra hipótese. Faz o que achares melhor para ti. Nada é irreversível, excepto a morte. Ser super-mulher é exactamente o que tu és...reconhecer os teus limites, brincar com eles, chorar por eles e estar de rastos nos dias que assim estão destinados. O oposto disto tudo, seria fingires que nada está a acontecer e desapareceres do mapa. E, algo me diz, que não serás assim. E essa é a tua força. E esta não se esgota.

Desculpa a intromissão e este discurso longo. Sente estas palavras como um abraço apertado, vindo de alguém que se interessa e que luta para viver o seu luto e para manter a sua busca pela felicidade. É possível. Um dia de cada vez."  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:37

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 27.04.12

 

 

E eu queria vir aqui postar coisas interessantes e tal, e inspiradas e tal, mas na realidade este buraco que tenho no peito não me deixa...

Desde o dia 6 de Setembro que me abriram este fosso sem fim, e nada de bom tem advido do mesmo...

A cabeça a mil, a vida a um milhão.

As coisa irrisórias que me passam ao lado, as coisas a que tenho de dar importância mas que não me apetece.

Queria fugir, mas estou colada ao chão. Queria falar, mas nem sei por onde começar...

Gostava de escrever, mas só me sai, literalmente, merda dos dedos.

Já pensei que seria melhor ir consultar um médico e voltar às velhas drogas, alguém me alertou que era melhor não. Um daqueles "vintage friends", que está atento e sabe o que diz...As drogas funcionam, e depois como será? Os problemas, as dores não desaparecem miraculosamente... Irá continuar tudo exactamente como estava até aqui. Portanto ideia posta de parte.

A busca pela mudança continua...Mudança de atitude perante as adversidades...Com muita ajuda, se querem que lhes seja sincera...Até os meus colegas mais desatentos, reparam que o meu estado, que nunca é o normal, agora descambou mesmo...Que é difícil, complicado e tortuoso, acho que já deixei claro, em quase todos os posts que coloquei a falar sobre a doença do meu pai...Malditas doenças. 

Morrer de cancro, é como ditarem-nos a sentença para amanhã, mas ficarmos presos num redemoinho, que todos os dias retorna ao inicio...Sabemos que vamos morrer, que não se pode fazer nada, que a qualidade de vida é praticamente nula, mas ainda não é hoje...Talvez daqui a nada, daqui por umas horas, se calhar amanhã, quem sabe para a semana...Acompanhar isto, é...É o que é. A impotência, a angústia, a revolta...É lidar com o luto precoce, com a dor da perda, com a raiva e frustração, que depois, quando a embalagem já não é suficiente, transborda para todos os sentidos da nossa vida, o que ainda a torna mais complicada...

Phuta de vida esta minha.

Eu quero queixar-me, eu gostava de saber extriorizar isto, partir as fuças a alguém, pegar num taco de baseball e desatar a partir vidros...Mas não adianta.

Se tenho de aguentar, que me aguente...Só não sei como o hei-de fazer, nem até que ponto o conseguirei.

Acho que chego à conclusão que afinal, além de não ser de ferro, também não sou a super-mulher...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:49

Ai a minha vida...(triste)

por lady magenta, em 24.04.12

Miguel Portas faleceu vítima de cancro do pulmão, doença que lhe foi diagnosticada em 2010

 

 

E são noticias destas que me angustiam...Não só pela admiração que tinha pela pessoa em questão, mas também pela luta inglória que travou...

À família enlutada e ao Bloco de Esquerda, os meus sentidos pêsames...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:18

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 21.04.12

 

E além disto tudo, tenho AMIGOS...Daqueles amigos, mesmo amigos, que me dão o ombro para chorar sem questionar nada...Que sabem apenas pelo meu olhar e tom de voz, quando estou triste, ou feliz, ou assim-assim...

Que bebem caipirinhas ou pontos g's comigo para afogar as mágoas, mesmo sabendo que depois da ressaca, continua tudo igual...

Que não se importam com os meus silêncios, pois sabem que quando não digo nada, não é por não ter nada para dizer, é porque o tanto que tenho, nem sei por onde começar...

Que quando grito, não é com eles, são desabafos da alma...

Riem comigo, choram comigo...

Ai amigos, nunca precisei tanto de vocês como Ontem...E para variar, os que importam estiveram lá.

À minha Marta, à minha Irina, ao Nelo e ao Bruno...Obrigada.

...

(Há mais amigos, mas se começo a pô-los todos aqui, ainda ficam convencidos e tal, e depois a lista fica longa e não quê, e o post nunca mais acaba, e as pessoas ficam cansadas de me ler, e depois tenho de fechar o blog!)

...

Mas há dias...

Eu penso que por vezes a put@ da vida nos prega partidas e nos dá cada chapada nas trombas, que só dá vontade de mandar tudo para o pénis e fazer o que nos dá na gana...Afinal, hoje estamosaqui, mas amanhã podemos já não estar...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:01

O "câncaro", o meu pai, eu e as outras pessoas com "câncaros"...

por lady magenta, em 20.04.12

Lisbon at Night 

(imagem retirada da net)

 

 

Lisboa à noite é fabulosa...

Longe do bulício, dos barulhos, pessoas, caos automóvel e cheiros...

As urgências hospitalares são assim, pela madrugada...Ou quase.

Calmas, sem stresses...Com um sossego informal, interrompido apenas pelos gemidos e queixumes dos que lhe recorrem...

Para variar, ontem mais uma metade de noite e metade da madrugada passadas em S. José...Escolhemos a dedo, pois sabíamos que a equipa que segue o meu pai estaria lá.

A calma era relativa.

No S.O. Apenas os casos mais pertinentes. A.V.C'S, suspeita de tuberculose, cólicas renais, enxaquecas...E o meu pai e outro companheiro com um maldito “câncaro”...Revi-me na história daquela família. No seu desespero. No impacto que a noticia lhes trouxe...Na sua revolta e impotência.

Desejei-lhes o melhor possível e que de preferência, tivessem a sorte de lhes calhar na “rifa” a equipa do meu pai. As minhas preces foram ouvidas...Ao menos tenho a certeza de que aquele Sr. E família, irão estar em “mãos” competentes e humanas...

O meu pai voltou a casa.

Para variar, sentado do meu lado e atento à minha aselhice ao volante, àquela hora, nada de extraordinário para mais tarde recordar.

Ao chegar a casa, e ainda no elevador, discutiamos quem seria o primeiro a chegar ao W.C.!

O meu pai alegou logo a sua condição de doente para ter prioridade, eu contrapus e resolvi que ele, ao usar fralda, não tem direito a prioridade, sendo eu a mais nova iria eu primeiro...A porta de casa abre-se e a minha mãe corre a ser a primeira...Lá fiquei eu mais uma vez, a reclamar a minha condição de “bexiga-cheia-de-xixi” mas sem direito a prioridades!

E é assim, que se vive esta vida com o “câncaro” do meu pai...

Uns dias a rir, outros a fazer um esforço para aguentar as lágrimas...A pedir que tudo acabe rápido. A implorar aos amigos que me roubem sorrisos, que me desliguem a ficha, que me provoquem amnésia...A tentar olhar para o lado bom de tudo...

Mas com o coração tão apertadinho e os olhos tão marejados de lágrimas, que só me apetece não viver mais esta vida e fugir...

Tenho dias em que rastejo pela vida, outros em que a passo de joelhos...

Hoje é um desses dias.

Preciso de rir, para disfarçar o quanto me apetece desfazer em lágrimas.

...

E agora uma adenda muito disparatada...

É impressão minha, ou existem mesmo pessoas que acham que colocar base 3 ou 4 tons acima do tom normal das suas peles, lhes dá um ar mais bronzeado?

É que na minha humilde opinião, além de parecerem cenouras com cabelos e olhos, lhes dá um ar assim, para o carnavalesco!

Mas lá está, eu sou uma cabra sem sentimentos, mas isto das bases está para mim, como as pessoas que vão ao xixi e não lavam as mãos, ou como as pessoas que ao irem ao xixi, deixam o tampo da sanita pingado...

(oK...Isto hoje é mesmo a falta de sono de qualidade...)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:55

Reembolso I.R.S. (mais uma vez...)

por lady magenta, em 19.04.12

Pois é. Contra todos os nossos anseios, finalmente os Srs. Des-governantes deste país, lá vieram dar razão ao que temíamos....

Quero lá bem saber que venham as bocas fatelas, do alto das suas sabedorias dizer, "ah e tal , tás à rasca não gastes, faz pés de meia, não contes com o ovo no ânus da galinha..."!

Amigos isto é simples, se temos deveres, também temos direitos, certo?

Se fomos mal habituados com dinheiros que nos devem, a culpa não é só nossa, certo?

Não sou eu que tenho ziliões de secretárias e assistentes, não sou eu que ando num carro topo de gama, não sou eu que tenho três motoristas à porta, para uma eventualidade, nem tão pouco sou eu que dou por mal gasto os euros dos contribuintes, ao pagar generosas reformas e aposentações...E não me venham com a conversa do "ah e tal, mas essas pessoas trabalharam que se fartaram e tiveram direito a aposentarem-se aos 50 anos..."

É isso...Então e os outros? Sim os outros? Como os meu pais por exemplo...Que descontaram e trabalharam uma vida inteira e que têm pensões de misérias e, muitas vezes nem ajudas do Estado têm?

Oh pá...Deixem mas é de deitar areia nos olhos das pessoas, contribuintes, e passem a agir de acordo com as vossas funções!

Eu não gosto de instigar nada, mas esta merd@ dos reembolsos do I.R.S. parecem-me partidas de carnaval!

E espero estar enganada, mas eu quase que juro que a cereja em cima do bolo, vai ser não haver reembolsos para ninguém!

Podem ler tudo aqui....

Depois venham dai dizer que tenho mau feitio e que contei com o ovo no ânus da galinha, sim??????

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:14

Reembolso I.R.S. 2012, parte II...

por lady magenta, em 18.04.12

E depois de constatar que ontem este post, teve quase, quase 900 leitores e, hoje a esta hora já vai a ultrapassar os 700 leitores, tenho a dizer que sim...Estou realmente preocupada com o rumo que tomará este país, se os nossos "Des-governantes" não tomarem sérias medidas para contornar, aquilo que a meu ver, se tornará numa grave convulsão social...(e tentarem pagar os reembolsos devidos aos contribuintes...)

Não é alarmismo pessoal...São factos.

O país vai de mal a pior, anda tudo na onda do diz que disse, não se tomam atitudes claras, sérias e drásticas!

O poder está em nós...Depois não digam que não avisei, ok?

( E quer-me a mim parecer, que desta vez será ligeiramente pior do que aquilo que se passou na Baixa...)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 18.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:53

Reembolso IRS 2012 (Ai a minha vida a andar para trás...)

por lady magenta, em 17.04.12

 

E é tudo muito lindo e tal e mais não sei o quê, mas o que é certo é que este governo, ou muito me engano e, espero muuuiiitttooo que me engane, este ano fica-nos com o reembolso devido do belo I.R.S.

Depois de muito ler e pesquisar e tentar sobretudo, obter feedback na internet, sobre como estaria a bela da situação, resolvi ligar para a linha de apoio 707206707...Uma Sra. De nome Amélia/ Adélia ou seria Ofélia....?Enfim, adiante, muito simpática por sinal, lá me fez a vontade e esclareceu-me de uma vez por todas...”Este ano o reembolso não irá ser antecipado...Será pago no prazo legal, até 15 de Agosto, muito embora os contribuintes que tenham declarado através do portal, poderão eventualmente, ser ressarcidos até Julho deste ano...”

Fez questão inclusive, de me pedir para lhe facultar o meu N.I.F. Para confirmar e, confirmou....Está tudo parado à espera que as verbas sejam desbloqueadas e as ordens para as contas feitas sejam dadas...

A minha opinião vale o que vale, mas o que é certo é que me sinto roubada! (Ou mal habituada, deixo ao vosso critério...)

Afinal a legislação não diz que temos,(deveríamos), de ser ressarcidos do imposto retido até 31 Janeiro do ano seguinte? Depois lá fizeram aquelas trocas manhosas e passou a ser pago praticamente no final do ano, entretanto veio lá o governo do “Socas” e passou a ser em 20 dias, desde que fosse entregue via internet...Oh Srs. Do governo e que têm além dos nossos dinheiros, o poder para fazer andar as coisas...Nós meros contribuintes, levamos o ano inteirinho a encher os vossos cofres/bolsos com o nosso dinheirinho suado. Questiono eu, aqui do alto da minha inteligência, não seria mais viável para o bem estar geral, incluindo os votos das vossas supostas recandidaturas, manterem os prazos antigos? É que o povão, este onde os burgos são lindos mas anda tudo à rasca e os culpados somos tanto nós, que nos lembrámos de votar em cascavéis disfarçadas de cordeiros, como vós, que julgam que a Troika e os empréstimos que andam a fazer vão resolver seja o que for... Façam lá o favorzinho de fazer andar alguma coisa...Porque por este andar, a crise que pensam ser uma ilusão, poderá não tarda tornar-se uma séria convulsão social, bem pior do que aquilo que se tem visto pela Europa fora...

Só estou a avisar...E olhem que o meu descontentamento, não é só meu...É generalizado!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:18

Pág. 1/3



Porque nem tudo o que luz é ouro e nem tudo o que brilha é prata...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2012

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D