Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O "câncaro", os outros e eu...

por lady magenta, em 30.06.12

 

 

O facto de, a cada vez que temos de entrar numa urgência hospitalar, nos dizerem que a partir de agora irá sempre ser decadente e cada vez pior, não facilita em absolutamente nada a situação...

Além de não facilitar, não ajuda nada, para quem sofre por atencipação e tem imaginação gráfica suficiente, ficar a partir dali, a imaginar cenários degradantes e sofridos.

A vida com a doença cancro é por demais irrealista...

A doença cancro é o inferno na terra...

...

(E não...Não me estava a referir ao meu pai, que continua cá a lutar...Mas sim ao pai do meu filho, para quem a batalha está cada vez pior...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:58

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 24.06.12

 

 

Cá andamos.

Nesta vida que se vive como se pode...

...

À precisamente 292 dias que sei o que é esta vida com um "câncaro" mau... À 292 dias começou o martírio que é passar por isto sem o merecer. Nem nós, nem ele.

A esta altura começaram as cobranças, a chantagem emocional...

Não sabemos mais para onde nos virar... Todos sofremos com uma situação que ninguém criou, da qual ninguém tem culpa.

É como viver na pele de " O Estrangeiro" de Albert Camus...Ser condenado por um crime que não se comete. Neste caso, "ganhar" a lotaria das doenças más e, sair-nos o primeiro prémio...

Se pagamos em vida, pelas atitudes menos boas que temos, vivemos o inferno na terra...Depois disto só pode vir sol e céu azul.

Merecemos sofrer? Passar por isto? Com que finalidade? Que bem maior advirá desta situação? Eu hei-de chegar a alguma conclusão, pois sei que todo o fim é o inicio de algo...

Pelo caminho ficam pedaços de nós...Coisas que nos amargam a boca e toldam o coração.

Pelo caminho ficamos nós...

Um caminho que não escolhemos, mas que nos obriga a percorre-lo.

Cada dia nos custa mais viver esta vida...Cada dia nos custa mais ouvir o que temos de ouvir...

Enfim.

Um dia o fim há-de chegar e, com esse fim, um novo inicio se dará.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:19

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 23.06.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:42

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 21.06.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:41

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 20.06.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 18.06.12

 

 

E de maneiras que cá andamos...

Uns dias assim, outros assado...

Na última semana, mais pesarosa, triste, soturna, distraída, desconcertada, miserável... Devido a uma mistura complicada de situações, que me fizeram considerar hipóteses menos felizes...Para mim, e para outros...

Cheguei inclusivamente, a deixar de conseguir processar informação, tal era o volume de coisas a assimilar...

O barulho das ideias era tanto, que me aconteceram coisas extraordinárias...Tipo; ir lavar o carro de janelas abertas, entrar para a banheira de chinelos, deitar no caixote do lixo a roupa para lavar...Enfim.

Ensandeci momentaneamente!

Não passou ainda...Nem sei quando irá passar, este momento menos lúcido.

Talvez por ter chegado à conclusão que o mundo, conforme o idealizei, não existe...Serei uma eterna sonhadora? Acho que sou só mesmo parva...

É tão ridícula a forma como nos magoamos, como me deixo magoar, que só mesmo otária é um bom adjectivo...É mal de família!

(Deve ser algum defeito genético, só pode...)

As pessoas não são como as idealizo. Há pessoas más, mesquinhas e ridículas...Que fazem de tudo para nos esfaquear, bem no centro do

coração....

E depois ouço milhares de vezes, "eu bem te avisei..."

E lá estou eu...Tristíssima, com ataques sistemáticos de auto comiseração...Com tanta peninha de mim, que se me pudesse dividir em duas, a outra de mim, enchia-me de porrada até sangrar!!!

Enfim...

Também isto há-de passar...

...

De resto tudo na mesma, pai, ex-marido, filhos...

Uns mais doentes, outros mais crescidos...

E sim, tinha muitas saudades de escrever, como tenho muitas saudades de gargalhar, de beber caipirinhas, de estar com os meus amigos...

Perdi-me.

Mas hei-de me encontrar...

; )

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 21:00

Ai a minha vida...(Ou merda para quem me magoa!!!!)

por lady magenta, em 14.06.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 12.06.12

 

 

Não consigo perceber, se sou eu que tenho uma grande incapacidade de me saber exprimir, perante outros, ou se, serão os outros que têm grande incapacidade de me entender...

Também isto há-de passar...

Ou então, está mesmo na hora de mudar de vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:56

Ai a minha vida...

por lady magenta, em 08.06.12

 

                                                                  (foto retirada de; http://psbeju.blogspot.pt/2010/06/variacoespopulares.html)

 

E não...Ainda não vai ser este ano, que arranco a família de casa e vamos todos aos arraial...Com grande pena minha...

De maneiras que também não é este ano, que aturo bebedeiras de quem devia estar sossegadinho ou como sardinhas congeladas e de valor exorbitante...

Ok...Sou uma lisboeta fatela!

 

p.s- Fatela, com a mania das grandezas e sem pachorra nenhuma para aturar multidões...Ah, nem de ouvir música muito escaganifobética...

...

Sou uma lisboeta fatela, atípica e devo ser a única que além de nunca ter ido em arraiais, não lhes consigo achar piada nenhuma...

(Deve ser por ter achado piada às folias do S. João, ou por ter levado altas secas nos bailaricos da juventude, paredes coladas com o cemitério do burgo...Mais por aí.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26

O "câncaro", o meu pai e eu...

por lady magenta, em 07.06.12

 

 

É verdade...O meu pai ainda cá está.

Num sofrimento terrível...De ver e viver.

Por alguma razão, por nós desconhecida, ele ainda tem força para dar porrada no cancro que o consome desde à nove meses...Ou mais.

Por alguma razão, trocou as voltas aos médicos que o seguem, e deixou perplexos, uma equipa de profissionais, por ter ainda força, por resistir, quando a esperança de vida seriam uns meros três meses...

Enfim...

Passaram nove meses, que achei serem impossíveis de concretizar...À algum tempo que deixei de contar os dias...Não me interessa quantos são. Interessa que se o meu pai continua cá, é porque tem alma de guerreiro...

E cheguei à conclusão que o meu pai nunca irá morrer...O corpo, carcomido pelo cancro irá desaparecer, mas o meu pai, jamais irá desaparecer...

Ele vai perdurar em mim, na minha irmã, nos nossos filhos...Nas nossas memórias, nos trejeitos que lhe aprendemos...Em tanta coisa.

E tive de dar a mão à palmatória, e reconhecer que sim...Sou mesmo filha do meu pai! Em certas expressões que uso, como por exemplo, "vai lamber sabão" ou ainda " vai comer ovas de cão", na forma como conduzo, no facto de ter alergia a torneiras a pingar...Em tanta coisa...

...

Acabei de ler um livro, "Morrer é só não ser visto", com exemplos de quem passou por más experiências com a morte...Li, absorvi, mas não fiquei convencida com tudo...Talvez por ter ainda a pulular uma veia céptica...

Tenho uma forma, minha, exclusiva, de encarar tudo isto...Odeio que me façam muitas perguntas, que me obriguem a entrar em detalhes sórdidos...Não gosto quando me dizem, " ele hoje está muito queixoso" ou "cada vez tem mais mau ar...",(A sério???? está a morrer boa!!! tem um tumor que o mata, literalmente à fome...) Odeio. Odeio ter de puxar pela cabeça e pensar que ninguém merece morrer assim...Sim o meu pai está na recta final, contra um tumor que o está a matar da pior forma possível...É a realidade. Não vale a pena dourar a pílula...Já me custou mais a admitir...Uma coisa é certa, o meu pai só vai morrer, para mim, quando eu o esquecer e deixar de lhe honrar a memória...

Não é o facto de ele morrer que me indigna, é o facto de ele ter de morrer assim...Ninguém merece. Muito menos o meu pai...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:29

Pág. 1/2



Porque nem tudo o que luz é ouro e nem tudo o que brilha é prata...

Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D