Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ai a minha vida atribulada...

por lady magenta, em 11.09.12

 

 

Desculpem os palavrões, mas hoje tenho mesmo de desabafar...

 

Sinto-me literalmente uma merda.

Frustrada, com um peso enorme, porque o meu filho, o meu filho mais lindo e maravilhoso, o menino, como lhe chamou sempre o pai, está a sofrer...

Eu nem imagino o que vai naquela cabeça...

Não sei lidar com isto, não sei como lidar com ele...O que lhe dizer ou fazer para atenuar a sua dor...

No fundo sinto-me tão culpada, sem culpa nenhuma...

Ver um filho a sofrer sem poder fazer nada é terrível.

Acho que isto também é uma espécie de preparação para o que hei-de passar...

É dose dupla...

Mãe da foca.

Ainda por cima, hoje é aquele dia em que se assinala a mudança radical no mundo...O dia em que o medo se instalou e o pânico foi generalizado...

Acho que sim, que me começa a cair a ficha, e me apercebo cada vez mais que o fim eminente é terrível...Tudo acaba e fica em paz, e no sitio onde antes havia uma incessante revolta e frustração, instala-se um buraco....Um vazio tão terrível, que tem alturas que parece que o mundo nos vai engolir.

"Tens de ser forte...Tens de ter força para lhe dar..."

E depois? Choramos os dois até adormecer? Aprendemos a lidar com este vazio? Ficamos mais fortes de certeza.

Hoje sinto-me mesmo uma merda.

E é terrivel este sentimento chamado impotência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16


1 comentário

De eu ando às voltas a 11.09.2012 às 11:37

Não há formulas defenidas para lidar com esta dor, para atenuar a dor dos outros. Com tempo, as feridas saram, as cicatrizes ficam, as lagrimas secam e aprendemos a viver sem essas pessoas.
De tempos a saudade pesa mais, as lagrimas podem voltar a cair, mas conseguimos voltar a andar em frente.
Beijo e força.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D