Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ai a minha vida...

por lady magenta, em 12.04.13

 

 

É verdade, sobrevivi.

Ainda tive a vã esperança de não sobreviver à cirurgia. Despedi-me dos que me são mais próximos, deixei directrizes para serem seguidas, no final de tudo o meu medo não se sobrepôs à minha vontade de viver. Ainda cá estou.

Mais sozinha, ao que tudo indica...Parece que afinal, as "limpezas" que tive de fazer quando o meu pai esteve doente, vão ter de continuar...Afinal não me contento com pouco, ou nada...

A vida é feita de escolhas, umas fáceis outras nem por isso...Mas a vida é mesmo assim.

Fez 4 meses que o meu pai morreu. Não se tornou mais fácil, não deixou de doer...

Agora em casa a recuperar, fico com tempo a mais para pensar, tempo que preferia não ter, ou ter ocupado de outras formas...Já li os 15 livros que tinha atrasados, já vi as séries e filmes que tinha para ver. Agora resta-me tempo para "fuçar" nos pensamentos...É como lidar com fraldas com có có! Sentimos-lhe o cheiro é porque ele está lá, por isso mais vale arregaçar as mangas e colocar uma fralda nova.

No fundo é isto.

Estou farta de estar fechada, estou farta de estar sozinha...

Mas a recuperação está a correr menos mal. Tirando uma febre ligeira que como veio se foi, ou um Cisto que tornou a aparecer...O pescoço continua inchado e com mobilidade reduzida, a cicatriz pouco ou nada se há-de notar.

E eu continuo aqui....A tentar dar um novo sentido à vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:16


1 comentário

De momentosdisparatados a 26.04.2013 às 21:52


Quem sabe se esse tempo de recuperação não vai mostrar o sentido à tua vida.
Passaste por muito em pouco tempo é normal que te sintas assim.
Um beijinho

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D